[Vídeo] Debate: o impacto das novas tecnologias no serviço público.

É essencial se discutir os desafios de se inovar no setor público e como as tecnologias e o uso de dados no governo podem integrar melhor o cidadão e oferecer respostas mais rápidas às políticas públicas.  

Abaixo está um debate mediado por Humberto Dantas, onde a plataforma UM BRASIL conversa com:  Guilherme Lichand, diretor-executivo da MGov BRASIL, e Guilherme de Almeida, diretor de Inovação da Escola Nacional de Administração Pública – sobre o grande impacto da inovação na vida das pessoas e como transformar questões desafiadoras em tecnologias mais simples para o cidadão.

Confira:

No debate, Guilherme Lichand explica alguns pontos importantes que levaram ao sucesso, por exemplo, da pesquisa de opinião por celular:

➜ O governo tem a capacidade de atingir todos os cidadãos em forma de instituições: escolas, creches, unidades de saúde, etc. Com isso, os agentes podem fazer o cadastro do cidadão, que recebe notificações e informações via celular.

➜ As mensagens não são só escritas. Também existem as mensagens automáticas por voz.

➜ A partir daí, para responder às pesquisas, a pessoa não gasta nada e ainda ganha créditos de celular (três em cada cinco celulares no Brasil são pré-pagos).

➜ O custo é bem mais baixo do que se fosse uma entrevista face a face.

➜ As dificuldades com relação à qualidade dos dados é a mesma, se comparado a entrevistas pessoais.

Guilherme Lichand é economista pela Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV-SP) e tem doutorado em Economia Política e Governo na Universidade Harvard. É sócio-fundador da MGov Brasil e foi considerado pela revista Technology Review, ligada ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), um dos brasileiros mais inovadores com menos de 35 anos.

Fonte: Um Brasil

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *